Do Outro Lado do Balcão

julho 23, 2008

E PENSAR QUE A ROBERTA CLOSE FOI MEU CUPIDO…

Filed under: Fantasias reais ou realidade fantástica,Felicidade,Sei lá! — O Balconista: @ 15:03

Tudo começou com um clique do mouse.

A rede mundial de computadores, como que mancomunada com o destino, me direcionou para um link que eu jamais pensaria em visitar: bundafurada.blogspot.com

“Bunda Furada”… Vamos e convenhamos, caro leitor. Quem, em sã consciência, procurando por textos jurídicos, iria clicar no link de um blog que pelo nome, deveria abordar os temas mais “cabeludos” que se pode imaginar. Olha lá!, Pelo amor de Deus, o nome é BUNDA FURADA!! Faça-me o favor!

Pois é… eu também pensei nisso. Mas, como todo o curioso que se preste, resolvi descobrir o real tamanho do furo desta bunda e pus-me a lê-lo.

Que grata surpresa. A autora do blog é uma excelente contadora de histórias, daquelas que consegue pegar um evento tenebroso e transformá-lo em uma coisa leve e com um excelente humor.

Após ficar embevecido com os textos postados, resolvi que deveria me comunicar com aquele ser de mente brilhante. Mas como? De que forma? Utilizando-me de que abordagem: intelectual ou canalha? Convidando para um chopp? Bah! Nenhuma dessas parecia que iriam surtir o efeito pretendido: estabelecer um canal de comunicação com aquele ser de outro planeta, que se identificava como “mal-humorada crônica e que gostava demais de um mal feito para ser gente boa”.

Pus-me a pensar então em um modo eficaz, e, num lampejo de idiotice, resolvi mandar um e-mail totalmente despretensioso parabenizando por um determinado conto postado, fato que rendeu um e-mail de retorno, com um pedido para que me apresentasse, porque não seria justo, que somente eu “ficasse olhando pelo buraco da fechadura”.

Sabe aquelas situações em que você se sente apertado, e quer pedir para o mundo parar para você descer?… Pois é! Estava me sentindo assim. O canal de comunicação parecia estar aberto, mas como mantê-lo?!

Colocando para trabalhar aquele excesso de neurônios que nós homens temos a mais que as mulheres, lembrei-me que não existe melhor jeito de conquistar uma mulher que não seja desprezando-a. E foi assim que eu fiz.

Devolvi o e-mail dizendo um bando de baboseiras sem nexo, e argumentando que não faria nenhuma apresentação formal, porque estava me sentindo “meio Roberta Close”, e que se ela não entendesse o significado da expressão, que pedisse “ajuda”.

Rá! Pronto. A isca estava lançada e o peixe saiu em busca dela como se aquela fosse “a última coca-cola do deserto”.

Em tom blasé, comunicou que gostou da minha “apresentação”, e, como que se fazendo de desentendida, iniciou por questionar o que significaria “meio Roberta Close”.

O peixe foi fisgado!

Dois e-mails depois, sonegando a informação, resolvi que seria o momento de contar o pensamento canalha que se escondia por sob aquela expressão, mas não sem antes questioná-la se conhecia a história daquele ícone, e para alguns sex simbol, dos anos 80.

Não deu outra. Depois de mais alguns xingamentos em minha caixa postal e alguns cliques no Google e no Wiki, ela afirmou que estava apta a descobrir aquele segredo guardado pela geração da década de 80.

Então, em um tom mais blasé que ela simplesmente lhe falei: “Ah, agora não. Estou “sem saco” para fazer isso”.

Resultado? Apaixonou e disse que não me larga mais…

 

O Balconista.

Anúncios

1 Comentário »

  1. Vc não tem medo que a aranha da Roberta Close lhe assombre pelo resto dos seus dias? /ra

    Filosofando… quando jogamos a isca… na verdade… quem quer o quê?

    Cicinho fez charminho… ó que lindjuuuuuuuuuuuu!!!

    bjo

    Comentário por Bruxinha — julho 23, 2008 @ 18:32 | Responder


RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: