Do Outro Lado do Balcão

junho 3, 2008

ONTEM, HOJE E SE DEUS QUISER, PRA SEMPRE…

Filed under: Felicidade — O Balconista: @ 13:48

Ontem recebi um e-mail de uma morena, que tem um lindo narizinho empinado, me dando conta dos “marcos importantes do nosso relacionamento”.

Confesso à vocês que eu não sou o cara mais romântico do mundo, principalmente no que se refere a datas importantes, ou que possuem certo relevo nas relações de um casal. Eu esqueço todas! E para não passar por grosseirão, ao menos não na frente daquela que roubou meu coração, coloco todos os alarmes para disparar: celular, outlook, agenda e os demais serviços gratuitos disponíveis na internet.

Após receber tal “comunicado”, devo consignar nos autos para futura referência, mesmo que isso signifique confissão quanto aos fatos, fiquei extremamente feliz, satisfeito e envaidecido de receber tal “informação”. É sério! O ato praticado por aquela que diz me amar, demonstrou total coerência com suas palavras e gestos. Chegou até a me dar um frio na espinha…, um friozinho daqueles gostosos que deixam um sorriso bom na fronte e enchem o coração de alguma coisa que eu não sei classificar, mas que os outros insistem em dizer que é o tal do amor. Vá lá que seja, então.

Mas, como não podia deixar de ser, eu, em razão do fato de não conseguir ficar um dia sem brigar com ela, passo a fazer algumas correções no texto que ela enviou. Ei-las:

 

Marcos importantes do nosso relacionamento:

 

18/02/2008 – primeiro contato

14/03/2008 – primeiro encontro

01/04/2008 – pedido oficial de namoro.

 

Ou seja, hoje (02.06.2008 ) faz:

 

3 meses e 15 dias que mantemos contato.

2 meses e 19 dias que nos tocamos pela primeira vez.

2 meses e 1 dia que você me pediu em namoro.

 

A primeira correção se faz na primeira data, por óbvio.

Dia 18.02.2008 não foi o nosso primeiro contato, meu amor. Eu já vinha tendo contatos com você anteriormente, mesmo que de forma solitária. Eu tendo a acreditar nisso, seja porque eu já lia os seus textos e me apaixonava pela sua mente; seja porque eu sei que já vivi vidas anteriores ao seu lado, do contrário, não existiria justificativa para uma simbiose tão grande; seja porque mesmo antes de te conhecer pessoalmente eu já convivia com você em meus sonhos.

Em resumo, me recuso a aceitar data tão próxima para o início de nossa relação! Nunca! Jamais! Em tempo algum!

O dia 14.03.2008 não pode ser classificado como nosso primeiro encontro, mas sim, como o meu nascimento. Sim, meu nascimento, porque eu não consigo conceber como eu pude sobreviver sem a sua presença por longos 33 anos. Então, meu amor, faça as correções devidas, eu tenho só 2 meses e 20 dias da minha nova existência, o que faz com que você seja mais velha que eu, e tenha responsabilidades sobre a minha educação. Cuide bem de mim, héin! (piada interna: isso não valerá para qualquer fim de direito, principalmente a título de eventual requerimento de tutela)

Morena, primeiro de abril não e uma data qualquer. É do dia da mentira! E, considerando o meu jeito de ser, não poderia fazê-lo em data diferente. Tinha de ser naquele dia o pedido formal, e não oficial, porque, desde antes de 18.02.2008 eu já estava oficialmente namorando você, só que você ainda não sabia… Desculpa, tá?!

Então, partindo desses pressupostos, todos os cálculos apresentados estão errados, porque:

1.                          Eu amo você demais para poder me contentar com 3 meses e 16 dias de relacionamento.

2.                          É torturante demais pensar eu que só tive a felicidade de sentir a maciez da sua pele há 2 meses e 20 dias;

3.                          É mentira que eu tenha te pedido em namoro só há 2 meses e 2 dias.

 

Caramba… como é que eu consigo ficar escrevendo tanta bobagem, quando, ao fim e ao cabo, eu só queria te dizer que te amo, quero dizer, te desejar Feliz Aniversário. Sim, porque hoje é o dia do seu aniversário, caso você não se lembre, afinal, esta data não veio consignada como “marco importante do nosso relacionamento”.

Isso aqui era para ser só mais um daqueles textos sacais, nos quais se deseja saúde, sucesso, dinheiro, amor, felicidade até o próximo aniversário chegar. Mas não! Eu não conseguiria ser assim, principalmente devido à minha modéstia, pois, depois que você me conheceu: a) você tem largas doses de amor; b) felicidade sem qualquer tipo de regulação; c) sucesso, porque eu não dou bola para qualquer uma, e namorar comigo é um privilégio equiparável a ganhar o American Idol!; d) Dinheiro, morena, é uma questão de tempo, e; e) saúde, você tem de sobra!

Tá, eu sei, o aniversário é seu e você tem todos os direitos, mas, quantas vezes eu te pedi, envolto em seus braços para que você não me beliscasse, porque se aquilo fosse um sonho eu não gostaria de acordar? Pois é, não me belisque agora, deixe-me acreditar, e a força do pensamento tem seu poder, que eu estarei ao seu lado, por muitos aniversários ainda, vendo seus olhos marejarem com a chegada de um rebento, sentindo o tempo se instalar em sua pele, e colhendo, cada vez mais, seus sorrisos e olhares de ternura, mesmo que para isso eu tenha que satisfazer seus desejos e desmandos.

Feliz aniversário meu amor, mas como todo o ser inconveniente, eu não poderia terminar isso aqui sem te contar que, em verdade, quem ganhou o presente fui eu. VOCÊ!

 

Amo você.

Fá, que também assina, O Balconista.

Anúncios

3 Comentários »

  1. Xonei…
    lagrimei…

    Comentário por Dehynha — junho 3, 2008 @ 14:09 | Responder

  2. Nunca achei tão fantástico estar errada na minha vida inteira.
    Você salvou o dia. E todo o resto.
    Muito obrigada, eu te amo demais.

    Comentário por Lívia — junho 3, 2008 @ 16:05 | Responder

  3. Engraçado… isso está parecendo a resposta de um e-mail que eu ganhei há uns meses… lembra?
    O Balconista.

    Comentário por O Balconista: — junho 3, 2008 @ 16:33 | Responder


RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: