Do Outro Lado do Balcão

junho 2, 2008

Você conhece a Liviolândia? E a Lenda do lugar?

Filed under: Fantasias reais ou realidade fantástica,Protesto! — O Balconista: @ 14:04

 

 

 

            Mulheres…BAH!

 

 

 Vocês já devem ter me ouvido falar que mulher é um bicho muito parecido com seres humanos, né?! Pois é, depois disso, já ouvi me chamarem de grosseirão, turrão, machista e outros adjetivos que não convém citar, mas, mais uma vez, preciso vir à público para relatar um fato estarrecedor.

Aos mais sensíveis, por favor, fechem seus navegadores, ou não prossigam daqui, e nem leiam em voz alta, porque não quero ser responsável por futuros traumas causados em crianças de tenra idade.

Pois bem. Depois não digam que eu não os avisei!

Todos já devem ter ouvido alguém, em algum lugar, dizer que “com mulher não se pode dar folga”, ou “que mulher tem de ser tratada assim: no cabresto curto”. Não é mesmo?

Pois é. Eu tive uma infância diferente. Minha mãe sempre me ensinou que deveríamos tratar a mulher com dignidade e igualdade, não obstante termos mais neurônios que elas, e que não deveríamos fazer nada que pudesse magoá-las.

Mamãe, eu tentei! Juro que tentei!

Por força desses ensinamentos, ao longo dos anos, pautei minhas ações para com o sexo feminino da forma mais digna e mais respeitosa possível.

Recentemente, vocês devem ter ouvido dizer que eu não sou mais um bem no mercado, ou seja, que eu estou namorando, mas, não obstante todo o amor que eu tenha dedicado à minha amada e jamais traída namorada, e independentemente do tratamento de princesa que lhe proporcione, fui surpreendido por aquela que diz me amar.

No dia vinte e cinco de maio, próximo passado, recebi a seguinte missiva eletrônica “daquela advogadazinha”, contendo uma ameaça aterradora. Vejam só:

A soberana suprema da Liviolândia vem por meio desta intimar V. Senhoria a providenciar urgentemente a satisfação da necessidade abaixo especificada no prazo máximo de dez dias, sob pena de açoite em praça pública e greve generalizada.

 

Atenciosamente.

 

Na referida correspondência havia um anexo de uma imagem de um casal de abraçando, e, ao que se percebe, o e-mail possuía o objetivo de pedir um abraço, fato que, à toda a prova, deveria ser uma coisa romântica. Mas não foi, né?!

Resolvi então que seria hora de dar um basta naquilo e que, a partir de então, a colocaria no seu devido lugar, mas, ainda assim, respeitando os mandamentos que a minha santa mãezinha havia me ensinado.

Precisava bolar um jeito de encurtar o cabresto e acabar com a folga daquela que se intitula minha namorada.

Resolvi que a mandaria para a “pííííííta-que-pariu” ou para o “raio-que-o-parta”. Não. Melhor que isso! Vou mandá-la para o reino dela! É isso! Vou criar o reino dela: a Liviolândia, eu serei um residente que irá mostrar para o mundo como uma mulher pode ser vil e cruel com o homem que a ama, principalmente, levando-se em consideração que EU serei o autor da estória. Rá!

Sabe o que aconteceu?! Ela se apropriou daquilo, criou um blog e agora me escravizou para ficar escrevendo estórias para ela.

Humpf!…

O Balconista.

 

 

 

 

 

Anúncios

2 Comentários »

  1. Pobrezinho de você, senhor Balconista, como sofre!!!

    O que a sua sofrida pessoa pensaria se eu lhe contasse que tempestades fortíssimas se acercam da Liviolândia e que a casa do Jovem Balconista da Bela Voz está seriamente arriscada a ser arrastada pela enchente??

    Ou então, o que diria o senhor se soubesse que foi avistado um ninho de uma espécie muito rara de dragão na floresta de Livin-Hood, o qual se alimenta principalmente de Jovens Balconistas de Belas Vozes??

    E, se por uma infeliz ironia do destino o Jovem Balconista da Bela Voz fosse preso, acusado de heresia e fosse condenado a ser queimado vivo na fogueira?

    Oh, quantas desgraças não podem acontecer ainda!!

    FICA ESPERTO, MANO.
    SUA CHAPA TA ESQUENTANDO, A CASA VAI CAIR PROCÊ, TA LIGADO?

    Comentário por Lívia — junho 2, 2008 @ 14:43 | Responder

  2. Ó Soberana má. Não te esqueçar nunca que um dia é da caça, outro do caçador, que uma hora você escreve, na próxima, sou seu opositor.
    Amo você.
    Bjos.

    Comentário por O Balconista: — junho 2, 2008 @ 15:28 | Responder


RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: